Segunda-feira, 15 de Outubro de 2012

quarenta e dois

há algum tempo que não cá vinha e então venho-vos contar algo que tem presenciado os meus dias. pois é, há um rapaz na minha escola por quem eu sinto algo neste momento, o único e grande problema é que eu não o conheço, nem sabia sequer o nome dele, sabia apenas a turma (o ano e o curso) e o horário. nem sei como é que isto foi acontecer, comecei por lhe achar piada, achava-o bonito e depois comecei a vê-lo mais e o sentimento começou a crescer. então hoje, uma rapariga da minha turma, que na sexta ao saber disto disse que conhecia a turma e que ia perguntar a alguém como é que ele se chamava, decidiu fazê-lo. estavamos, eu mais alguma pessoas da minha turma, sentados num banco dentro do bloco e ela levanta-se e dirige-se a um rapaz da turma dele, e eu olhei e não acreditava que ela estava mesmo a fazer aquilo, eu desviei o olhar para o telemóvel e então o rapaz veio para a frente do nosso grupo a perguntar quem é que queria saber e veio logo outro atrás a dizer "ele chama-se *nome e apelido* e vive em *localidade*, para quem quiser saber" enquanto o outro perguntava "quem é que quer saber como é que ele se chama? aquele alto com muito cabelo." e eu continuei a olhar para o telemóvel e a ouvir música como se nada se passasse e quando eles se foram embora eu mergulhei a cabeça nas mãos da vergonha. e depois quando ela veio ter comigo, eu virei-me para ela "oh *nome* porque é que foste fazer isso? a sério?" e ela virou-se "de nada" a rir. eu não queria mesmo nada que ela fosse fazer isso e ela ainda disse  "se eu pedisse ao *nome* ele teria ido buscar o rapaz para o apresentar". eu não sou nada uma pessoa que se dá facilmente com as pessoas e que fala com muita gente, não, eu sou muito envergonhada e eu não saberia o que dizer se me pusessem o rapaz à frente. eu ia ficar muito vermelha e não ia dizer nada de jeito. mas mesmo assim a situação até foi engraçada, porque eu depois fui para a aula a pensar nisso e dei por a mim a sorrir da situação. mas de certeza que ele não precisa de ser muito idiota até descobrir que sou eu que queria saber, porque eu até nem tenho colegas que dão barraca nenhuma sempre ele passa ou está no mesmo local que nós. e esta foi uma situação caricata do meu dia, em que espero mesmo que ele não descubra que quem queria saber era eu, pois tenho medo da reação dele. tenho medo de me andar a iludir de mais por não saber como é que ele é. 

publicado por maryjane às 20:47
link do post | comentar | favoritos
35 comentários:
De Magda *-* a 29 de Novembro de 2012 às 16:34
eu sei, eu sei *-* Ele é tão lindo!!!


De Sandra a 25 de Novembro de 2012 às 21:16
obrigada :)


De Sandra a 25 de Novembro de 2012 às 21:01
ainda está a correr x)


De Sandra a 22 de Novembro de 2012 às 21:25
eu gostei :3


De ariana a 22 de Novembro de 2012 às 21:19
e eu deixei-te um mail!


De anne a 22 de Novembro de 2012 às 21:00
oh, tão querida. o meu cabelo agradece :')


De Autumn a 4 de Novembro de 2012 às 15:21
obrigda bela. ♥


De ariana a 27 de Outubro de 2012 às 22:06
vai à luta, ou, tenta, nem que faças figura de parva.


De ariana a 27 de Outubro de 2012 às 21:47
e como te sentes?


De ariana a 27 de Outubro de 2012 às 21:43
holy shit.


Comentar post

tumblr, listography, pottermore account, we ♥ it,atalhos,pesquisar,arquivos,perfil,e-mail blog